Melhores de 2017 – Montagem

Jonathan Amos e Paul Machliss venceram um enorme desafio ao assinar a montagem de Em Ritmo de Fuga. Fazendo muito mais do que apenas trazer agilidade a um filme de ação, a dupla precisou costurar, com inteligência e originalidade, um filme altamente coreografado nas perseguições de carro, nas batalhas corporais e na forma como a trilha sonora está intrinsecamente ligada a toda adrenalina da trama. Em Ritmo de Fuga não é um musical propriamente dito, mas sua lógica técnica pode até sugerir que Amor e Machliss tenham realizado seu trabalho como se o longa de fato o fosse. Se o novo projeto de Edgar Wright tem estilo, personalidade e a capacidade de fazer com que o espectador perceba e se divirta com a fluidez técnica, isso acontece graças ao indiscutível talento da dupla. Ainda disputavam a categoriaAté o Último Homem, Bom Comportamento, Dunkirk e La La Land: Cantando Estações.

EM ANOS ANTERIORES: 2016 – A Grande Aposta | 2015 – Whiplash: Em Busca da Perfeição | 2014 – O Lobo Atrás da Porta | 2013 – Capitão Phillips | 2012 – Guerreiro | 2011 – 127 Horas | 2010 – A Origem | 2009 – Quem Quer Ser Um Milionário? | 2008 – Onde os Fracos Não Têm Vez | 2007 – Babel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: