Oscar 2008 – Atriz Coadjuvante

  • Cate Blanchett, por Não Estou Lá
  • Ruby Dee, por O Gângster
  • Saoirse Ronan, por Desejo e Reparação
  • Amy Ryan, por Medo da Verdade
  • Tilda Swinton, por Conduta de Risco

Ruby Dee foi a grande surpresa da lista. Por mais que ela já estivesse baixamente cotada, eu esperava alguma surpresinha nessa categoria, torcendo até mesmo pela Vanessa Redgrave em Desejo e Reparação. Mas a vaga do filme ficou merecidamente com a jovem Saoirse Ronan, que é um dos maiores destaques do filme de Joe Wright e certamente tem futuro no cinema. Amy Ryan trouxe a única indicação para Medo da Verdade e era uma favorita anteriormente, mas com a derrota no Globo de Ouro ficou completamente em baixa. Acho bem suspeita a indicação da Tilda Swinton. Não no sentido negativo, mas sinto que a presença dela pode ser a maior ameaça para a favorita da categoria: Cate Blanchett. O papel de Swinton em Conduta de Risco se encaixa bem na categoria de coadjuvante e sua atuação é ótima (destaque para seu último momento no longa). Uma estatueta para sua premiação seria bem merecido. No entanto, é bem difícil que o prêmio não vá para Blanchett por seu desempenho em Não Estou Lá. Desconfio se a Academia vai mesmo dar o Oscar para uma atriz já consagrada com a estatueta e tão festejada. Mas ao que tudo indica, vai sim.

9 comentários em “Oscar 2008 – Atriz Coadjuvante

  1. Não sei se por haver indicadas não-famosas a categoria transpira fraqueza, mas que é a mais concorrida dentre as referentes a atuações isso é.
    Após o SAG, a menos cotada é justamente a garota de DESEJO E REPARAÇÃO. Numa corrida férrea entre quatro, a possibilidade de um ‘upset’ para Blanchett é alta.

    Cumps.

  2. será que o Oscar repete o Sag e premia a Ruby? uma caixinha enorme de supresas… falarma tao mal da Ruby que se eu tinha ansiedade em ver o gangster ela foi triplicada, ehehhe…
    abraços

  3. Matheus, vou te linkar lá no HOLLYWOODIANO.

    Acho que a categoria de Melhor Atriz Coadjuvante está indefinida… mas não acredito numa vitória da Ruby Dee. Aposto, como vc, em Cate Blanchett.

    Ah! Te avisei no post abaixo: me expressei mal. Não quis dizer que vc comparou JUNO a PEQUENA MISS SUNSHINE. Mas quis comentar o que andam dizendo por aí. Seria como comparar OS INFILTRADOS a O GÂNGSTER. Os críticos especializados fazem essas coisas… não entendo.

    Mas digo aqui que compreendi seu texto e não expliquei direito a minha opinião.

    Abs!

  4. Acredito que esteja bem difícil de tirar alguma definição em algumas categorias do Oscar e isto se aplica especialmente na de Melhor Atriz Coadjuvante. De todos os trabalhos, só conferi o de Amy Ryan em “Medo da Verdade”. As chances de sua vitória são grandes, mas é um grande lamento saber que o filme está aquém do seu talento. Enfim, gostaria muito de ver o prêmio cair nas mãos de Tilda Swinton, ainda que Cate Blanchett seja uma das minhas atrizes prediletas.

  5. Absolutamente imprevisível. Depois do SAG eu passei a temer uma possível premiação a Ruby Dee por suas restritas cenas em “O Gângster”. Amy Ryan é uma atriz muito bem cotada pois carrega várias críticas positivas a respeito de seu trabalho em “Medo da Verdade”. Cate dispensa comentários, ganhou o Globo de Ouro e o Volpi no Festival de Veneza. “Conduta”, como disse Vinicius, não tem grandes chances nas demais categorias que foi indicado e talvez premiem Tilda para que o filme não saia de mãos vazias.
    É uma pena que Saoirse Ronan não tenha chances concretas. Gostei muito de sua atuação em “Desejo e Reparação”. Engraçado que ano passado eu torci muito por Abigail Breslin, e também estava sem chances.
    Mas quem sabe ocorre uma loucura do tipo Oscar 1994, quando a jovem Anna Paquim tirou de Winona Ryder a estatueta de coadjuvante por sua atuação em “O Piano”?
    Depois que a Ruby Dee ganhou o SAG pode-se esperar de tudo. De tudo mesmo.

  6. Eu acho que esta é a categoria mais indefinida para o Oscar 2008. Acho que todas as indicadas ao Oscar, menos a Saoirse Ronan, têm chances de vencer o prêmio. Amy Ryan, a favorita da crítica, ainda tem que confirmar seu status nos prêmios importantes. Cate Blanchett é Cate Blanchett e é sempre favorita. Tilda Swinton tem sido bem citada. O cenário que mais me desagrada, no entanto, é a vitória de Ruby Dee por uma performance de cinco minutos, em três cenas, sem nada de especial. Espero mesmo que o Oscar não invente de celebrar a carreira de uma atriz com um prêmio por uma performance não-merecedora.

  7. Com a vitória de Dee no SAG Awards, eu não sei mais de nada dessa categoria. Blanchett ganhou o Globo de Ouro, Ryan vários prêmios da crítica. Deve ficar entre as três mesmo. Hoje eu apostaria na Tilda Swinton, já que “Conduta de Risco” é um dos filmes mais indicados da noite e aparentemente não tem grandes chances em outras categorias.

    Abraço!

  8. É complicado e imprevisível. Pois a Academia pode a) premiar os desconhecidos ou ainda não consagrados ou b) premiar mais uma vez atores que já tiveram o que merecem. E aí que se complica, pois muitas vezes os da opção b realmente são os melhores. Ou seja, eles podem acabar premiando Day-Lewis, Christie e Blanchett, mas também podem tentar algo novo e premiar Depp, Cottilard e Ryan. Difícil, mas provável. Enfim, será um Oscar bem imprevisível, como poucas vezes tivemos.

    Ciao!

  9. Olha Matheus, vou publicar minha lista com meus palpites para o Oscar só dia 19, mas por enquanto, assim como você, acho que Cate deve levar mais essa.

Deixe uma resposta para Gustavo² Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: