Oscar 2008 – Atriz Coadjuvante

  • Cate Blanchett, por Não Estou Lá
  • Ruby Dee, por O Gângster
  • Saoirse Ronan, por Desejo e Reparação
  • Amy Ryan, por Medo da Verdade
  • Tilda Swinton, por Conduta de Risco

Ruby Dee foi a grande surpresa da lista. Por mais que ela já estivesse baixamente cotada, eu esperava alguma surpresinha nessa categoria, torcendo até mesmo pela Vanessa Redgrave em Desejo e Reparação. Mas a vaga do filme ficou merecidamente com a jovem Saoirse Ronan, que é um dos maiores destaques do filme de Joe Wright e certamente tem futuro no cinema. Amy Ryan trouxe a única indicação para Medo da Verdade e era uma favorita anteriormente, mas com a derrota no Globo de Ouro ficou completamente em baixa. Acho bem suspeita a indicação da Tilda Swinton. Não no sentido negativo, mas sinto que a presença dela pode ser a maior ameaça para a favorita da categoria: Cate Blanchett. O papel de Swinton em Conduta de Risco se encaixa bem na categoria de coadjuvante e sua atuação é ótima (destaque para seu último momento no longa). Uma estatueta para sua premiação seria bem merecido. No entanto, é bem difícil que o prêmio não vá para Blanchett por seu desempenho em Não Estou Lá. Desconfio se a Academia vai mesmo dar o Oscar para uma atriz já consagrada com a estatueta e tão festejada. Mas ao que tudo indica, vai sim.

9 comentários em “Oscar 2008 – Atriz Coadjuvante

  1. Não sei se por haver indicadas não-famosas a categoria transpira fraqueza, mas que é a mais concorrida dentre as referentes a atuações isso é.
    Após o SAG, a menos cotada é justamente a garota de DESEJO E REPARAÇÃO. Numa corrida férrea entre quatro, a possibilidade de um ‘upset’ para Blanchett é alta.

    Cumps.

  2. será que o Oscar repete o Sag e premia a Ruby? uma caixinha enorme de supresas… falarma tao mal da Ruby que se eu tinha ansiedade em ver o gangster ela foi triplicada, ehehhe…
    abraços

  3. Matheus, vou te linkar lá no HOLLYWOODIANO.

    Acho que a categoria de Melhor Atriz Coadjuvante está indefinida… mas não acredito numa vitória da Ruby Dee. Aposto, como vc, em Cate Blanchett.

    Ah! Te avisei no post abaixo: me expressei mal. Não quis dizer que vc comparou JUNO a PEQUENA MISS SUNSHINE. Mas quis comentar o que andam dizendo por aí. Seria como comparar OS INFILTRADOS a O GÂNGSTER. Os críticos especializados fazem essas coisas… não entendo.

    Mas digo aqui que compreendi seu texto e não expliquei direito a minha opinião.

    Abs!

  4. Acredito que esteja bem difícil de tirar alguma definição em algumas categorias do Oscar e isto se aplica especialmente na de Melhor Atriz Coadjuvante. De todos os trabalhos, só conferi o de Amy Ryan em “Medo da Verdade”. As chances de sua vitória são grandes, mas é um grande lamento saber que o filme está aquém do seu talento. Enfim, gostaria muito de ver o prêmio cair nas mãos de Tilda Swinton, ainda que Cate Blanchett seja uma das minhas atrizes prediletas.

  5. Absolutamente imprevisível. Depois do SAG eu passei a temer uma possível premiação a Ruby Dee por suas restritas cenas em “O Gângster”. Amy Ryan é uma atriz muito bem cotada pois carrega várias críticas positivas a respeito de seu trabalho em “Medo da Verdade”. Cate dispensa comentários, ganhou o Globo de Ouro e o Volpi no Festival de Veneza. “Conduta”, como disse Vinicius, não tem grandes chances nas demais categorias que foi indicado e talvez premiem Tilda para que o filme não saia de mãos vazias.
    É uma pena que Saoirse Ronan não tenha chances concretas. Gostei muito de sua atuação em “Desejo e Reparação”. Engraçado que ano passado eu torci muito por Abigail Breslin, e também estava sem chances.
    Mas quem sabe ocorre uma loucura do tipo Oscar 1994, quando a jovem Anna Paquim tirou de Winona Ryder a estatueta de coadjuvante por sua atuação em “O Piano”?
    Depois que a Ruby Dee ganhou o SAG pode-se esperar de tudo. De tudo mesmo.

  6. Eu acho que esta é a categoria mais indefinida para o Oscar 2008. Acho que todas as indicadas ao Oscar, menos a Saoirse Ronan, têm chances de vencer o prêmio. Amy Ryan, a favorita da crítica, ainda tem que confirmar seu status nos prêmios importantes. Cate Blanchett é Cate Blanchett e é sempre favorita. Tilda Swinton tem sido bem citada. O cenário que mais me desagrada, no entanto, é a vitória de Ruby Dee por uma performance de cinco minutos, em três cenas, sem nada de especial. Espero mesmo que o Oscar não invente de celebrar a carreira de uma atriz com um prêmio por uma performance não-merecedora.

  7. Com a vitória de Dee no SAG Awards, eu não sei mais de nada dessa categoria. Blanchett ganhou o Globo de Ouro, Ryan vários prêmios da crítica. Deve ficar entre as três mesmo. Hoje eu apostaria na Tilda Swinton, já que “Conduta de Risco” é um dos filmes mais indicados da noite e aparentemente não tem grandes chances em outras categorias.

    Abraço!

  8. É complicado e imprevisível. Pois a Academia pode a) premiar os desconhecidos ou ainda não consagrados ou b) premiar mais uma vez atores que já tiveram o que merecem. E aí que se complica, pois muitas vezes os da opção b realmente são os melhores. Ou seja, eles podem acabar premiando Day-Lewis, Christie e Blanchett, mas também podem tentar algo novo e premiar Depp, Cottilard e Ryan. Difícil, mas provável. Enfim, será um Oscar bem imprevisível, como poucas vezes tivemos.

    Ciao!

  9. Olha Matheus, vou publicar minha lista com meus palpites para o Oscar só dia 19, mas por enquanto, assim como você, acho que Cate deve levar mais essa.

Deixe uma resposta para Wally Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: