Os indicados ao BAFTA 2022

dunebafta

Com 11 indicações, Duna é o líder de indicações ao BAFTA 2022.

Não foram bem recebidas as mudanças promovidas no ano passado pelo BAFTA para diversificar sua lista de indicados após críticas severas envolvendo uma escancarada falta de representatividade. À parte indicações de fato inexplicáveis e o problema de os vencedores serem escolhidos por um sistema diferente — e que, no final das contas, cai na vala comum de outras premiações —, vi como positivos os drásticos ajustes porque eles lançam holofotes para obras pouco valorizadas no circuito e porque, ao meu ver, premiações precisam ser de alguma forma autênticas e não um mera tentativa de antecipar os indicados ao Oscar, conceito que está enraizado inclusive entre os críticos.

Também é importante lembrar que, em certa medida, o Oscar tem feito suas próprias escolhas e quebrado tradições dos prêmios precursores (A Forma da Água Green Book receberam o Oscar de melhor filme sem indicações ao SAG; Regina King foi a melhor atriz coadjuvante por Se a Rua Beale Falasse sem estar presente no BAFTA e no SAG; MoonlightSpotlight venceram Oscar de melhor filme sem vencer o PGA…). Por isso, acho que faz cada vez mais sentido analisar prêmios isoladamente, sem tratá-los como mais justos ou injustos por terem deixado de fora alguns nomes tidos como favoritos ao Oscar. Atualmente, o cenário como um todo nos dá indícios, mas não necessariamente certezas de indicações ou garantia de vitórias.

Dito isso, o BAFTA, acuado pela onda de críticas que recebeu no ano passado por incluir filmes que jamais chegariam ao Oscar (Clemência, The 40-Year Old VersionO Que Ficou Para Trás), procurou um meio termo em 2022 para contemplar tanto escolhas mais autorais quanto nomes unânimes na temporada. É particularmente corajosa (ou polêmica, dependendo do ponto de vista) a seleção de melhor atriz, onde não há indicações para Nicole Kidman (Apresentando os Ricardos), Olivia Colman (A Filha Perdida) e Kristen Stewart (Spencer). Mas como reclamar quando encontram espaço, por exemplo, para Tessa Thompson (Identidade) e Renate Reinsve (A Pior Pessoa do Mundo)?

Claro que há escolhas contraditórias (Não Olhe Para Cima como melhor filme em uma categoria com apenas cinco indicados?), o que é compensado por um ponto de equilíbrio e até por momentos de inspiração, como a lembrança para o desempenho fabuloso de Ann Dowd em Mass. Tomando certa perspectiva para ver o todo, percebe-se que a campanha tardia para Amor, Sublime Amor afetou as chances do filme, aqui esquecido em categorias como melhor filme, direção e montagem. Já Paul Thomas Anderson, outrora um diretor quase de nicho, ganha grande espaço e relevância com Licorice Pizza, o único longa-metragem a figurar nas categorias de filme, direção, roteiro e montagem do BAFTA.

Os vencedores serão conhecidos no dia 13 de março. Confira a lista de indicados:

MELHOR FILME
Ataque dos Cães
Belfast
Duna
Licorice Pizza
Não Olhe Para Cima

MELHOR FILME BRITÂNICO
After Love
Ali & Ava
Belfast
Boiling Point
Casa Gucci
Cyrano
Identidade
Noite Passada em Soho
Sem Tempo Para Morrer
Todos Estão Falando Sobre Jamie

MELHOR DIREÇÃO
Aleem Khan (After Love)
Audrey Diwan (Happening)
Jane Campion (Ataque dos Cães)
Julia Ducournau (Titane)
Paul Thomas Anderson (Licorice Pizza)
Ryûsuke Hamaguchi (Drive My Car)

MELHOR ATRIZ
Alana Haim (Licorice Pizza)
Emilia Jones (No Ritmo do Coração)
Joanna Scanlan (After Love)
Lady Gaga (Casa Gucci)
Renate Reinsve (A Pior Pessoa do Mundo)
Tessa Thompson (Identidade)

MELHOR ATOR
Adeel Akhtar (Ali & Ava)
Benedict Cumberbatch (Ataque dos Cães)
Leonardo DiCaprio (Não Olhe Para Cima)
Mahershala Ali (O Canto do Cisne)
Stephen Graham (Boiling Point)
Will Smith (King Richard: Criando Campeãs)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Ann Dowd (Mass)
Ariana DeBose (Amor, Sublime Amor)
Aunjanue Ellis (King Richard: Criando Campeãs)
Caitriona Balfe (Belfast)
Jessie Buckley (A Filha Perdida)
Ruth Negga (Identidade)

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Ciarán Hinds (Belfast)
Jesse Plemons (Ataque dos Cães)
Kodi Smit-McPhee (Ataque dos Cães)
Mike Faist (Amor, Sublime Amor)
Troy Kotsur (No Ritmo do Coração)
Woody Norman (C’mon C’mon)

MELHOR ELENCO
Amor, Sublime Amor
Boiling Point
Duna
King Richard: Criando Campeãs
A Mão de Deus

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Apresentando os Ricardos
Belfast
King Richard: Criando Campeãs
Licorice Pizza
Não Olhe Para Cima

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Ataque dos Cães
Drive My Car
Duna
A Filha Perdida
No Ritmo do Coração

MELHOR FILME EM LÍNGUA NÃO-INGLESA
Drive My Car (Japão)
A Mão de Deus (Itália)
Madres Paralelas (Espanha)
Pequena Mamãe (França)
A Pior Pessoa do Mundo (Noruega)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Becoming Cousteau
Cow
Flee
The Rescue
Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada)

MELHOR ANIMAÇÃO
Encanto
A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas
Flee
Luca

MELHOR FOTOGRAFIA
Ataque dos Cães
O Beco do Pesadelo
Duna
Sem Tempo Para Morrer
A Tragédia de Macbeth

MELHOR TRILHA SONORA
Apresentando os Ricardos
Ataque dos Cães
A Crônica Francesa
Duna 
Não Olhe Para Cima

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Amor, Sublime Amor
O Beco do Pesadelo
A Crônica Francesa
Cyrano
Duna

MELHOR FIGURINO
O Beco do Pesadelo
A Crônica Francesa
Cruella
Cyrano
Duna

MELHOR MONTAGEM
Belfast
Duna
Licorice Pizza
Sem Tempo Para Morrer
Summer of Soul (…ou, Quando A Revolução Não Pode Ser Televisionada)

MELHOR MAQUIAGEM E PENTEADOS
Casa Gucci
Cruella
Cyrano
Duna
Os Olhos de Tammy Faye

MELHOR SOM
Amor, Sublime Amor
Duna
Um Lugar Silencioso II
Noite Passada em Soho
Sem Tempo Para Morrer

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Duna
Free Guy: Assumindo o Controle
Ghostbusters: Mais Além
Matrix Resurrections
Sem Tempo Para Morrer

MELHOR ESTREIA BRITÂNICA 
After Love (Aleem Khan, roteiro e direção)
Boiling Point (James Cummings, roteiro; Hester Ruoff, produção)
Identidade (Rebecca Hall, roteiro e direção)
Keyboard Fantasies (Posy Dixon, direção; Liv Proctor, produção)
Vingança & Castigo (Jeymes Samuel, roteiro e direção)

MELHOR CURTA BRITÂNICO
The Black Cop
Femme
The Palace
Stuffed
Three Meetings of the Extraordinary Committee

MELHOR CURTA BRITÂNICO DE ANIMAÇÃO
Affairs of the Art
Do Not Feed the Pigeons
Night of the Living Dread

EE RISING STAR (REVELAÇÃO)
Ariana DeBose
Harris Dickinson
Lashana Lynch
Kodi Smit-McPhee
Millicent Simmonds

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: