Os indicados ao BAFTA 2021

Britânicos escolhem dois filmes dirigidos por mulheres como os grandes destaques da temporada: Nomadland, de Chloé Zhao, e Rocks, de Sarah Gavron, são os líderes de indicações ao BAFTA 2021.

Após a terrível lista do ano passado que não indicou um negro sequer nas categorias principais, o BAFTA adotou medidas imediatas para promover mudanças radicais na sua competição. Entre elas, está um prazo mais amplo para que os votantes possam assistir aos filmes, bem como a obrigação de todos conferirem os mais votados na primeira rodada de votação. A medida se dá porque foi constatado que os votantes simplesmente não assistiam aos filmes menores e fora do grande circuito. O BAFTA também tratou de aplicar um treinamento entre os votantes de modo que eles possam aprender a “navegar e reconhecer influências sociais mais amplas” para o processo de votação”. Por fim, os britânicos ampliaram de cinco para seis os indicados nas categorias de interpretação, e o mais importante: na categoria de direção, selecionaram um júri especial responsável por escolher quatro dos seis finalistas, sendo obrigatoriamente dois homens e duas mulheres, a partir de uma pré-lista feita pela diretoria do prêmio já com equidade de sexo entre os selecionados.

É importante essa breve retrospectiva para contextualizar o altíssimo índice de representatividade trazido pela BAFTA, agora um prêmio inteiramente novo e até pioneiro na materialização de mudanças radicalmente instantâneas. Só pelos dois filmes que lideram os selecionados já é possível ver a transformação, pois tanto Nomadland quanto Rocks são títulos dirigidos por mulheres. A enxurrada de boas surpresas segue com indicações de todos os tipos para a maior pluralidade de indicados já vista no prêmio. De asiáticos a dinamarqueses, passando pela Bósnia e Herzegovina e por realizadores estreantes em longas, o BAFTA se tornou, enfim, aquilo que toda premiação deveria ser: não uma mera tentativa de tentar prever o Oscar, mas sim algo autêntico e de personalidade, capaz de garimpar títulos distantes da obviedade e de cumprir seu papel de estimular a educação e o incentivo de novos olhares diante do cinema.

Com tamanha mudança, os britânicos nos proporcionaram, inclusive, algumas ausências bastante chocantes envolvendo nomes dados como garantidos, começando por Carey Mulligan (Bela Vingança) e Olivia Colman (Meu Pai), duas atrizes já favoritas por serem britânicas e que também estavam garantindo indicação em todas as listas da temporada, mas ausentes aqui. Viola Davis (A Voz Suprema do Blues) foi outra grande ausência sentida, assim como Mank, de David Fincher, que não emplacou indicações para o próprio diretor e para Gary Oldman e Amanda Seyfried. Em cenários tradicionais, estaria aberto o espaço para grandes discussões. Já se tratando desse novo BAFTA que, por exemplo, (re)descobre a performance magistral de Alfre Woodard  em Clemency, há pouco a se reclamar, uma vez que tudo converge para uma bem-vinda mudança e para uma entusiasmante diversidade que merece servir de referência para todo o circuito. Os vencedores serão conhecidos no dia 11 de abril. 

Confira abaixo a lista de indicados:

MELHOR FILME
Os 7 de Chicago
Bela Vingança
The Mauritanian
Meu Pai
Nomadland

MELHOR FILME BRITÂNICO
Bela Vingança
Calm With Horses
A Escavação
His House
Limbo
The Mauritanian
Meu Pai
Mogul Mowgli
Rocks
Saint Maud

MELHOR DIREÇÃO
Chloé Zhao (Nomadland)
Jasmila Žbanić (Quo Vadis, Aida?)
Lee Isaac Chung (Minari)
Sarah Gavron (Rocks)
Shannon Murphy (Dente de Leite)
Thomas Vinterberg (Druk: Mais Uma Rodada)

MELHOR ELENCO
Alexa L. Fogel (Judas e o Messias Negro)
Shaheen Baig (Calm With Horses)
Julia Kim (Minari)
Lindsay Graham Ahanonu e Mary Vernieu (Bela Vingança)
Lucy Pardee (Rocks)

MELHOR ATRIZ
Alfree Woodard (Clemency)
Bukky Bakray (Rocks)
Frances McDormand (Nomadland)
Radha Blank (The Forty-Year-Old Version)
Vanessa Kirby (Pieces of a Woman)
Wunmi Mosako (His House)

MELHOR ATOR
Adarsh Gourav (O Tigre Branco)
Anthony Hopkins (Meu Pai)
Chadwick Boseman (A Voz Suprema do Blues)
Mads Mikkelsen (Druk: Mais Uma Rodada)
Riz Ahmed (O Som do Silêncio)
Tahar Rahim (The Mauritanian)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Ashley Madekwe (County Lines)
Dominique Fishback (Judas e o Messias Negro)
Kosar Ali (Rocks)
Maria Bakalova (Borat: Fita de Cinema Seguinte)
Niamh Algar (Calm With Horses)
Yuh-Jung Youn (Minari)

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Alan Kim (Minari)
Barry Keoghan (Calm With Horses)
Clarke Peters (Destacamento Blood)
Daniel Kaluuya (Judas e o Messias Negro)
Leslie Odom Jr. (Uma Noite em Miami…)
Paul Raci (O Som do Silêncio)

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Aaron Sorkin (Os 7 de Chicago)
Claire Wilson e Theresa Ikoko (Rocks)
Emerald Fennell (Bela Vingança)
Jack Fincher (Mank)
Thomas Vinterberg e Tobias Lindholm (Druk: Mais Uma Rodada)

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Chloé Zhao (Nomadland)
Christopher Hampton e Florian Zeller (Meu Pai)
MB Traven, Rory Haines e Sohrab Noshirvani (The Mauritanian)
Moira Buffini (A Escavação)
Ramin Bahrani (O Tigre Branco)

MELHOR FILME EM LÍNGUA NÃO INGLESA
Dear Comrades (Rússia)
Druk: Mais Uma Rodada (Dinamarca)
Minari (Estados Unidos)
Os Miseráveis (França)
Quo Vadis, Aida? (Bósnia e Herzegovina)

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Collective
David Attenborough e Nosso Planeta
O Dilema das Redes
The Dissident
Professor Polvo

MELHOR ANIMAÇÃO
Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
Soul
Wolfwalkers

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Anthony Willis (Bela Vingança)
Emile Mosseri (Minari)
James Newton Howard (Relatos do Mundo)
Jon Batiste, Trent Reznor e Atticus Ross (Soul)
Trent Reznor e Atticus Ross (Mank)

MELHOR FOTOGRAFIA
Alwin H. Küchler (The Mauritanian)
Dariusz Wolski (Relatos do Mundo)
Erik Messerschmidt (Mank)
Joshua James Richards (Nomadland)
Sean Bobbitt (Judas e o Messias Negro)

MELHOR MONTAGEM
Alan Baumgarten (Os 7 de Chicago)
Chloé Zhao (Nomadland)
Frédéric Thoraval (Bela Vingança)
Mikkel EG Nielsen (O Som do Silêncio)
Yorgos Lamprinos (Meu Pai)

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
Maria Djurkovic e Tatiana Macdonald (A Escavação)
Cathy Featherstone e Peter Francis (Meu Pai)
Donald Graham Burt e Jan Pascale (Mank)
David Crank e Elizabeth Keenan (Relatos do Mundo)
Katie Spencer e Sarah Greenwood (Rebecca – A Mulher Inesquecível)

MELHOR FIGURINO
Alice Babidge (A Escavação)
Alexandra Byrne (Emma.)
Ann Roth (A Voz Suprema do Blues)
Michael O’Connor (Ammonite)
Trish Summerville (Mank)

MELHOR MAQUIAGEM E PENTEADOS
Jenny Shircore (A Escavação)
Eryn Krueger Mekash, Matthew Mungle e Patricia Dehaney (Era Uma Vez Um Sonho)
Larry M. Cherry, Matiki Anoff, Mia Neal e Sergio Lopez-Rivera (A Voz Suprema do Blues)
Gigi Williams e Kimberley Spiteri (Mank)
Mark Coulier (Pinóquio)

MELHOR SOM
Ann Scibelli, David Wyman e Jon Title (Greyhound: Na Mira do Inimigo)
John Pritchett, Michael Fentum, Mike Prestwood Smith, Oliver Tarney e William Miller (Relatos do Mundo)
M. Wolf Snyder, Sergio Diaz e Zach Seivers (Nomadland)
Coya Elliott, David Parker e Ren Klyce (Soul)
Carlos Cortés, Jaime Baksht, Michelle Couttolenc, Nicolas Becker e Phillip Bladh (O Som do Silêncio)

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Nathan McGuinness, Pete Bebb e Sebastian Von Overheidt (Greyhound: Na Mira do Inimigo)
Chris Lawrence, David Watkins e Matt Kasmir (O Céu da Meia-Noite)
Anders Langlands, Sean Faden, Seth Maury e Steve Ingram (Mulan)
Greg Fisher, Nick Davis e Santiago Colomo Martinez (O Grande Ivan)
Andrew Jackson, Andrew Lockley e Scott Fisher (Tenet)

MELHOR ROTEIRISTA, DIRETOR OU PRODUTOR BRITÂNICO REVELAÇÃO
Remi Weekes (Roteiro e Direção), por His House
Ben Sharrock (Roteiro e Direção) e Irune Gurtubai (Produção), por Limbo
Jack Sidey (Roteiro e Produção), por Moffie
Claire Wilson e Theresa Ikoko (Roteiro), por Rocks
Oliver Kassman (Produção) e Rose Glass (Roteiro e Direção), por Saint Maud

MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICO
Eyelash
Lizard

Lucky Break
Miss Curvy
The Present

MELHOR CURTA-METRAGEM BRITÂNICO DE ANIMAÇÃO
The Fire Next Time
The Owl and the Pussycat
The Song of a Lost Boy

EE RISING STAR AWARD
Bukky Bakray
Conrad Khan
Kingsley Ben-Adir
Morfydd Clark
Sope Dirisu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: