Melhores de 2008 – Direção de Arte

art07

Se existe um ponto técnico que nunca causa decepção nos longas de Tim Burton, esse é a direção de arte. É bem verdade que os visuais de seus filmes parecem sempre os mesmos (com exceção de A Fantástica Fábrica de Chocolate, que tinha uma imagem colorida e alegre), contudo, sempre são encantadores. Feito, novamente alcançado, no trabalho de direção de arte de Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet. Junto com os ótimos figurinos, a ambientação, os cenários e a decoração, a direção de arte confere ao excêntrico musical um tom muito competente na parte técnica e visual. Foi merecidamente premiada com o Oscar e foi a mais interessante do ano de 2008. Vencedor do ano passado: Maria Antonieta.

artmammaMamma Mia! / É a direção de arte que também colabora para que o musical de Phyllida Lloyd tenha uma aparência tão nostálgica. A simplicidade é visível, mas é tal humildade no visual que confere ao longa um semblante atraente em todos os aspectos (especialmente nos cenários e nas belas paisagens). Mamma Mia! é como Hairspray, conquista com o pouco que tem. Moda atual dos novos musicais.

artatonementDesejo e Reparação / Outro filme em que a direção de arte é essencial para representar a época que a produção é ambientada. Desejo e Reparação faz isso com grande maestria, traduzindo épocas de forma impecável esteticamente e sendo muito minucioso em cada detalhe de sua bela direção de arte. Um trabalho certamente exemplar e perfeito para o maravilhoso filme de Joe Wright.

artelizabethElizabeth – A Era de Ouro / A direção de arte de Elizabeth – A Era de Ouro não poderia ser mais óbvia, mas nem por isso deixa de ser magistral e impressionante. Não se preocupa em ser inovadora ou ter qualquer aspecto original. Não importa, tudo funciona de maneira apropriada e em alguns momentos até enche os olhos. Só teria mais reconhecimento se o trabalho não resultasse tão óbvio.

artknightBatman – O Cavaleiro das Trevas / Essa  muitíssima bem sucedida continuação de Batman Begins é muito mais grandiosa em toda sua parte técnica, e a direção de arte contribui para essa impressão. Gotham City ficou muito mais verossímil (até porque foi filmada em locações reais) e a ação entre Batman e Coringa se desenvolve melhor por causa da bem cuidada ambientação que foi produzida pela equipe de direção de arte.

Os visitantes concordaram com a escolha do Cinema e Argumento e também elegeram Sweeney Todd como o melhor da categoria. Abaixo, a preferência dos visitantes na pesquisa realizada:

1. Sweeney Todd (48%, 13 votos)

2. Batman – O Cavaleiro das Trevas (26%, 7 votos)

3. Desejo e Reparação (15%, 4 votos)

4. Mamma Mia! (7%, 2 votos)

5. Elizabeth – A Era de Ouro (4%, 1 voto)

10 comentários em “Melhores de 2008 – Direção de Arte

  1. Pingback: Melhores de 2009 – Direção de Arte « Cinema e Argumento

  2. Gosto também da direção de arte de “Desejo e Reparação” fico muito duvidoso ao comparar os dois. Wright mostra uma das melhores cenas que o cinema já teve: em um grandioso plano de seqüência, Robbie e dois colegas soldados chegando à praia de Dunkirk e presenciando a grande desgraça causada pela guerra. É fantástico. Abraço!

  3. Lucas, o Tim Burton sempre acerta na direção de arte!

    Vinícius, depois que eu fiquei sabendo que boa parte de “Mamma Mia!” foi filmada inteiramente em estúdio (tem umas partes que parecem ter sido filmadas na ilha mas não são!), passei a apreciar mais a direção de arte, que já tinha me conquistado antes. Já eu considero os figurinos meio óbvios e simplistas, mas efetivos também.

    Wally, não adianta, filmes de época sempre me conquistam na direção de arte, mesmo quando não são tão originais como “Elizabeth – A Era de Ouro”.

    Jeff
    , infelizmente não vi “A Duquesa”. Mas acho que ela poderia tranquilamente figurar nessa lista.

    Kamila
    , eu gostei da direção de arte de “Mamma Mia!”. Se você discordou dessa indicação, imagina as outras que o filme ainda vai ter (e ganhar) haha

    John, já adicionei!

    Yuri, também gosto muito da fotografia do musical!

  4. Acho que o que salva “Sweeney Todd” é a sua direção de arte, além, claro, de Johnny Depp.

    Meu voto foi nele e, asism como a Kamila, discordo de Mamma Mia! comento do filme no meu blog e acho que a virtude dele passa longe da direção de arte, seria mais para fotografia, de repente…

    De qualquer forma, suas listas são sempre justas e em sua maioria, exatas ;)

  5. realmente o sweeney todd tem uma otima direçãode arte, mas o desejoe reparação naum fica atras, ei Matheus vc poderia add meu blog na sua lista, é q comecei agora e gostaria de uma ajuda e sempre vejo o seu blog, ai pensei q vc pudesse ajudar. a URl ta ai

    abraçus

  6. Só discordo da presença de “Mamma Mia!” nesta lista de melhores. Não achei a direção de arte do filme excelente. Meu voto seria o mesmo que o seu: “Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet”, um trabalho fenomenal!

  7. Votei em Sweeney Todd com a convicção de estar fazendo a coisa certa. hehe Só incluiria no Top A Duquesa – tecnicamente é um filme irretocável -, que tem a segunda melhor direção de arte do ano.

    []s!

  8. Sweeney Todd é mesmo merecível de todos os elogios nessa área. Ele deve aparecer nesta minha seleção, ao lado de “Desejo e Reparação”. “Mamma Mia” tem ótimos cenários, mas fica de fora, como “Elizabeth – A Era de Ouro” que é mais enaltecido pela fotografia. “Batman” também pode acabar dando as caras na minha lista…

    Ciao!

  9. Acho que fui um dos poucos que não apreciou tanto a direção de arte de “Sweeney Todd”. Gosto de todos os trabalhos do Tim Burton nessa área e Ferreti é um grande nome, mas achei um pouco “artificial” e por isso não está na minha seleção de melhores. “Elizabeth” tem um trabalho muito convencional, não gostei, ao passo que foi uma surpresa ver “Mamma Mia!” aqui – achei mais um filme de “figurino”. Faltou “Sangue Negro”, mas meu voto vai para “Desejo e Reparação”, então. Abraço!

  10. Os filmes de Tim Burton sempre nos dão essa sensação de “um novo mundo”, pois tudo ali é mais mágico do que a situação permite, e é isso que deixa seus filmes tão ótimos.
    A direção de arte de Sweeney Todd é muito foda.
    Mas gostei de ver produções contemporâneas na lista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: