Apostas para o Screen Actors Guild Awards 2021

O Screen Actors Guild Awards marca hoje (04) mais um capítulo desta que é a temporada de premiações mais longa de que temos notícia, uma consequência, claro, dos tempos de exceção que vivemos com a chegada da Covid-19. A cerimônia não será ao vivo, já que os organizadores do SAG optaram por um pré-gravação que será compactada em um programa de uma hora de duração. Ou seja, nessa altura do campeonato, os atores já sabem se venceram ou não o prêmio. Para o público, o resultado será revelado a partir das 22h, sem transmissão aqui no Brasil.

As vitórias do SAG serão importantes para esclarecer os caminhos de categorias bastante divididas, como a de melhor atriz coadjuvante, por exemplo, onde a vencedora do Globo de Ouro (Jodie Foster, por The Mauritanian) sequer concorre aqui. Teria Maria Bakalova, portanto, o apoio dos atores por um filme de comédia tão específico e lançado diretamente em streaming? Parece que sim, mas tudo pode acontecer nessa categoria. Também é hora de saber a real aderência de Carey Mulligan, que, por Bela Vingança, ganhou apenas o Critics’ Choice até agora, perdendo o seu esperado Globo de Ouro para Andra Day em The United States vs. Billie Holiday, outra atriz ausente na lista do SAG.

Entre os homens, a situação parece melhor definida, ainda que fique a dúvida: será que Chadwick Boseman fatura mesmo o prêmio como protagonista por A Voz Suprema do Blues? Ou o SAG optará por premiá-lo como coadjuvante por Destacamento Blood para, enfim, dar a sua primeira estatueta Anthony Hopkins? É possível. Por fim, o prêmio de melhor elenco que até pouco tempo atrás parecia certo para Os 7 de Chicago perdeu tração nas últimas semanas considerando a má performance do filme de Aaron Sorkin nas premiações, o que pode abrir caminho para Minari, filme amplamente abraçado pelo Oscar e que pode repetir o feito de Parasita no ano passado ao faturar a categoria principal.

Confira abaixo a nossa lista de apostas:

CINEMA

MELHOR ELENCO: Minari / alt: Os 7 de Chicago
MELHOR ATRIZ: Carey Mulligan (Bela Vingança) / alt: Viola Davis (A Voz Suprema do Blues)
MELHOR ATOR: Chadwick Boseman (A Voz Suprema do Blues) / alt: Anthony Hopkins (Meu Pai)
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Maria Bakalova (Borat: Fita de Cinema Seguinte) / alt: Olivia Colman (Meu Pai)
MELHOR ATOR COADJUVANTE: Daniel Kaluuya (Judas e o Mesias Negro) / alt: Chadwick Boseman (Destacamento Blood)

SÉRIES, MINISSÉRIES E TELEFILMES

MELHOR ELENCO – DRAMAThe Crown / alt: Ozark
MELHOR ELENCO – COMÉDIA: Schitt’s Creek / alt: The Great
MELHOR ATRIZ – DRAMA: Emma Corrin (The Crown) / alt: Gillian Anderson (The Crown)
MELHOR ATOR – DRAMA: Josh O’Connor (The Crown) / alt: Jason Bateman (Ozark)
MELHOR ATRIZ – COMÉDIA: Catherine O’Hara (Schitt’s Creek) / alt: Kayley Cuoco (The Flight Attendant)
MELHOR ATOR – COMÉDIA: Jason Sudeikes (Ted Lasso) / alt: Eugene Levy (Schitt’s Creek)
MELHOR ATRIZ – MINISSÉRIE/TELEFILME: Anya Taylor-Joy (O Gambito da Rainha) / alt: Michaela Coel (I May Destroy You)
MELHOR ATOR – MINISSÉRIE/TELEFILME: Mark Ruffalo (I Know This Much is True) / alt: Hugh Grant (The Undoing)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: