Os indicados ao Oscar 2020

Coringa é o filme recordista de indicações ao Oscar 2020. Longa de Todd Phillips estrelado por Joaquin Phoenix concorre em 11 categorias.

Estatisticamente, o Oscar, nos últimos anos, foi um prêmio muito mais autêntico e espontâneo em comparação a qualquer outro da temporada. Além de ter bancado sozinha indicações como a de Marion Cotillard (Dois Dias, Uma Noite) e Charlotte Rampling (45 Anos), a Academia, que não está isenta de falhas, frequentemente desviou a rota de cerimônias que consagravam sempre o mesmo filme. Quando Boyhood reinava soberano, o Oscar optou por Birdman. No ano de Três Anúncios Para Um Crime, a Academia premiou A Forma da Água. E há também, claro, a clássica vitória de Moonlight em cima de La La Land.

Tendo em vista tudo isso, era de se esperar que a lista de indicados revelada hoje (13) garimpasse algumas novidades. O que aconteceu foi apenas um ajuste aqui e outro ali em possíveis indicações já consideradas desde sempre. Não é inesperado, por exemplo, Kathy Bates (O Caso Richard Jewell) e Florence Pugh (Adoráveis Mulheres) figurarem entre as atrizes coadjuvante em detrimento de Jennifer Lopez (As Golpistas), uma das ausências mais surpreendentes do ano, ainda que justa, pois ela é tão protagonista quanto Constance Wu no longa de Lorena Scafaria (é preciso terminar com a cultura de fraudes de categoria).

Mesmo a indicação de Antonio Banderas (Dor e Glória) em melhor ator não é uma raridade: o Globo de Ouro e o Critics’ Choice já haviam indicado o espanhol, que, após ter faturado o prêmio de melhor ator em Cannes, foi amplamente elogiado mundo afora. Igualmente previsível era o Oscar seguir a mesma batida de prêmios como o BAFTA no que se refere à celebração de cineastas mulheres e atores negros. Indicando apenas uma atriz negra em 20 vagas nos segmentos de atuações, a Academia segue com dificuldades em selecionar qualquer nome que não seja branco e estadunidense. Não é desmerecer quem está indicado, mas sim lançar um importante olhar para aqueles que não foram (e que também fazem trabalhos dignos de lembrança).

Talvez o movimento mais curioso da seleção 2020 seja o amor incondicional por Coringa. Justiça seja feita: das 11 indicações que o filme de Todd Phillips recebeu, algumas são injustificadas, como figurino, maquiagem, edição de som e mixagem de som. Com isso, voltamos à discussão da indústria olhar somente para os mesmos filmes e não procurar algo além das fronteiras da zona de conforto. Por outro lado, a liderança de Coringa representa algo muito maior: uma sinalização de que, talvez, o Oscar esteja mais aberto aos sucessos de bilheteria que representam o ganha-pão da indústria Hollywoodiana. Sucessos que a Academia sempre insiste em minimizar, premiando, por exemplo, Guerra ao Terror no lugar de Avatar e Spotlight ao invés de Mad Max: Estrada da Fúria.

Para os brasileiros, uma alegria imensa: estamos de volta na disputa, agora na categoria de melhor documentário. Citado pela imprensa internacional desde a época de seu lançamento, Democracia em Vertigem, de Petra Costa, investiga os bastidores do golpe parlamentar de 2016 que tirou a então presidenta Dilma Rousseff do poder. Está disponível para ser assistido na Netflix. A indicação é um belo presente para os anos tão conturbados que temos vivido no cenário político nacional. Se Democracia conquista ou não a estatueta, é outra história. Saberemos, aliás, no dia 9 de fevereiro, quando o Oscar revela sua lista de vencedores. Por enquanto, fiquem abaixo com a lista completa de indicados:

MELHOR FILME
1917
Adoráveis Mulheres
Coringa
Era Uma Vez Em… Hollywood
Ford vs Ferrari
História de Um Casamento
O Irlandês
Jojo Rabbit
Parasita

MELHOR DIREÇÃO
Bong Joon-ho (Parasita)
Martin Scorsese (O Irlandês)
Quentin Tarantino (Era Uma Vez Em… Hollywood)
Sam Mendes (1917)
Todd Phillips (Coringa)

MELHOR ATRIZ
Charlize Theron (O Escândalo)
Cynthia Erivo (Harriet)
Renée Zellweger (Judy: Muito Além do Arco-Íris)
Saoirse Ronan (Adoráveis Mulheres)
Scarlett Johansson (História de Um Casamento)

MELHOR ATOR
Adam Driver (História de Um Casamento)
Antonio Banderas (Dor e Glória)
Joaquin Phoenix (Coringa)
Jonathan Price (Dois Papas)
Leonardo DiCaprio (Era Uma Vez Em… Hollywood)

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Florence Pugh (Adoráveis Mulheres)
Kathy Bates (O Caso Richard Jewell)
Laura Dern (História de Um Casamento)
Margot Robbie (O Escândalo)
Scarlett Johansson (Jojo Rabbit)

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Al Pacino (O Irlandês)
Anthony Hopkins (Dois Papas)
Brad Pitt (Era Uma Vez Em… Hollywood)
Joe Pesci (O Irlandês)
Tom Hanks (Um Lindo Dia na Vizinhança)

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
1917
Entre Facas e Segredos
Era Uma Vez Em… Hollywood
História de Um Casamento
Parasita

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Adoráveis Mulheres
Coringa
Dois Papas
O Irlandês
Jojo Rabbit

MELHOR FILME INTERNACIONAL
Corpus Christi (Polônia)
Dor e Glória (Espanha)
Honeyland (Macedônia)
Os Miseráveis (França)
Parasite (Coreia do Sul)

MELHOR ANIMAÇÃO
Como Treinar Seu Dragão 3
Klaus
Link Perdido
Perdi Meu Corpo

Toy Story 4

MELHOR DOCUMENTÁRIO
The Cave
Democracia em Vertigem
Honeyland
Indústria Americana
For Sama

MELHOR FOTOGRAFIA
1917
Coringa
Era Uma Vez Em… Hollywood
O Farol
O Irlandês

MELHOR MONTAGEM
Coringa
Ford vs Ferrari
O Irlandês
Jojo Rabbit
Parasita

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
1917

Era Uma Vez Em… Hollywood
O Irlandês
Jojo Rabbit
Parasita

MELHOR FIGURINO
Adoráveis Mulheres
Coringa
Era Uma Vez Em… Hollywood
O Irlandês
Jojo Rabbit

MELHOR TRILHA SONORA
1917
Adoráveis Mulheres
Coringa
História de Um Casamento
Star Wars: A Ascensão Skywalker

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
“I Can’t Let You Throw Yourself Away” (Toy Story 4)

“(I’m Gonna) Love Me Again” (Rocketman)
“I’m Standing With You” (Superação: O Milagre da Fé)
“Into the Unknown” (Frozen 2)
“Stand Up” (Harriet)

MELHOR EDIÇÃO DE SOM
1917
Coringa
Era Uma Vez Em… Hollywood
Ford vs Ferrari
Star Wars: A Ascensão Skywalker

MELHOR MIXAGEM DE SOM
1917
Ad Astra: Rumo às Estrelas
Coringa
Era Uma Vez Em… Hollywood
Ford vs Ferrari

MELHOR MAQUIAGEM E PENTEADOS
1917
Coringa
O Escândalo
Judy: Muito Além do Arco-Íris
Malévola: Dona do Mal

MELHORES EFEITOS VISUAIS
1917
O Irlandês
O Rei Leão
Star Wars: A Ascensão Skywalker
Vingadores: Ultimato

MELHOR CURTA METRAGEM
Brotherhood

Nefta Footbal Club
The Neighbor’s Window
Saria
A Sister

MELHOR CURTA-METRAGEM (DOCUMENTÁRIO)
In the Absence
Learning to Skateboard in a Warzone (If You’re a Girl)
Life Overtakes Me
St. Louis Superman
Walk Run Cha-Cha

MELHOR CURTA-METRAGEM (ANIMAÇÃO)
Dcera (Daughter)
Hair Love
Kitbull
Memorable
Sister

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: