Melhores de 2010 – Fotografia

Depois da perfeita trilha sonora de Abel Korzeniowski, acredito que a fotografia de Eduard Grau seja o aspecto técnico mais impressionante em Direito de Amar. Utilizando uma característica marcante (as cores se ajustam aos sentimentos do protagonista), a fotografia é outro elemento que ajuda a construir todo o espetacular visual do filme de Tom Ford. Ela não se destaca apenas por ser original ou por ser um elemento que explora o lado emocional de George Falconer (Colin Firth), mas também por utilizar de forma impactante tudo o que cada cena lhe proporciona em detalhes – e nesse aspecto, destaca-se o momento em que Colin Firth conversa com um estranho na frente de um gigante cartaz de Psicose, de Hitchcock. Eduardo Grau inovou na fotografia e ajudou a construir o extraordinário lado visual desse filme que é um dos mais impactantes nesse segmento dos últimos anos.

A FITA BRANCA

Nem existia tanta necessidade para que A Fita Branca fosse filmado em preto e branco. Entretanto, o uso desse artifício, pelo menos pra mim, sempre traz um saldo muito positivo – principalmente para essa história cheia de mistérios. Explorando muito bem as paisagens do interior da Alemanha, a fotografia ajuda a criar o clima dúbio que cada personagem transmite. Nesse sentido, o uso do preto e branco só auxilia A Fita Branca a trazer ainda mais a doutrina rígida e misteriosa dos personagens do filme.

OS FAMOSOS E OS DUENDES DA MORTE

Se a fotografia de A Fita Branca reconstituiu muito bem o tenso clima instalado entre as misteriosas paisagens do interior da Alemanha, a de Os Famosos e os Duendes da Morte explorou com muita habilidade o sentimento de solidão do mr. Tambourine Man (Henrique Larré). Apostando basicamente em um trabalho de tonalidades e uso de escuridão para mostrar a isolada cidade em que o personagem vive, a fotografia foi fundamental para que entendessemos o desespero do protagonista ao considerar a sua cidade um “fim do mundo”.

BRILHO DE UMA PAIXÃO

Esse deve ser o ano das fotografias que retratam o interior dos países. Brilho de Uma Paixão, com sua ótima fotografia, nos transportou para uma cidade no interior da Inglaterra. As belas paisagens já seriam o suficiente para encantar os olhos, mas a fotografia vai além e absorve cada detalhe não só dessas paisagens, mas também dos próprios cenários e dos atores. Esse é um trabalho mais convencional, mas que nem por isso deixa de ser tão satisfatório quanto os outros indicados.

A ESTRADA

O tom quase que monocromático da fotografia de A Estrada foi fundamental para que o filme de John Hillcoat alcançasse todo o clima apocalíptico necessário para retratar a melancolia e o desespero dos personagens em um mundo devastado. Javier Aguirresarobe entregou o aspecto técnico mais marcante de A Estrada e graças a ele conseguimos acompanhar com mais emoção a jornada dos personagens – emoção essa que, no geral, o filme não chegou a apresentar de forma tão marcante quanto a fotografia.

_

Escolha do público:

1. A Fita Branca (17 votos, 34.69%)

2. Os Famosos e os Duendes da Morte (13 votos, 26.53%)

3. Direito de Amar (12 votos, 24.49%)

4. Brilho de Uma Paixão (5 votos, 10.02%)

5. A Estrada (2 votos, 4.08%)

12 comentários em “Melhores de 2010 – Fotografia

  1. Reinaldo, e “A Fita Branca” venceu a enquete… =)

    Weiner, não assisti “Tetro” ainda =/

    Otávio, gosto da fotografia de “A Fita Branca”, mas a de “Direito de Amar”, pra mim, é imbatível!

    Alan Raspante, belíssima assim como todo o setor técnico do filme!

    Kamila, eu até gosto da fotografia de “A Fita Branca”, mas não acho que esse preto-e-branco seja novidade…

    Alexsandro, a fotografia é, possivelmente, o aspecto técnico mais interessante de “Os Famosos e os Duendes da Morte”.

    Cristiano, discordo completamente! Simples é uma coisa que a fotografia de “Direito de Amar” não é xD

    Bruno, procure assistir logo esse filme. Mesmo que você não goste, é uma experiência ineressante!

    Roberto, legal achar alguém que também apreciou o trabalho de fotografia de “Os Famosos e os Duendes da Morte” tanto quanto eu!

    Brenno, “Nine” passou longe dos meus indicados…

    Rafael, ainda não assisti “Tetro” =/

  2. Para mim a melhor fotografia do ano é de Tetro. Mas é bom ver A Fita Branca e Os Famosos e os Duendes da Mortes lembrados aqui!

  3. Aprecio os trabalhos mencionados por você, mas a minha fotografia preferida é a de “Nine”, apesar de eu odiar o filme.

  4. Todos são ótimos, mas adorei a fotografia do filme do Esmir Filho. Aquele clima de névoa – que o Tim Burton gosta tanto – sempre me conquista!

  5. Tb votei em A Fita Branca, mas tua escolha é justa!

    E fiquei interessado em Os Famosos e os Duendes da Morte, que ainda não vi!

    Abraços.

  6. Muito boa essa seleção, minha lista deve ficar um pouco diferente, mas aí estão cinco fotografias no mínimo muito boas. Da sua lista, ainda prefiro A Fita Branca a Direito de Amar, mas concordo que depois dessa trilha magnífica, a Fotografia é o melhor aspecto técnico do filme. Também achei interessante ter incluído Os Famosos e Os Duendes da Morte, filme que não gostei, mas que reconheço o ótimo trabalho em Fotografia.

  7. Primeiro blogueiro que vejo não dar o prêmio, nesta categoria, para “A Fita Branca”. Gosto da sua personalidade na escolha, mas voto no Christian Berger! :)

  8. A bela fotografia de A Single Man por um triz não entrou na minha listagem – portanto é ótimo vê-la reconhecida aqui. Adorei a lembrança de Bright Star (é a minha favorita entre todas) e The White Ribbon. Também lembraria de Onde Vivem os Monstros. Ah, se ainda não viu, veja Tetro, a fotografia de Malaimare Jr. é LINDA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: