Rio Congelado

Direção: Courtney Hunt

Elenco: Melissa Leo, Charlie McDermott, Misty Upham, James Reilly, Michael Sky, Nancy Wu, Jay Klaitz

Frozen River, EUA, 2008, Drama, 98 minutos, 14 anos.

Sinopse: Ray Eddy (Melissa Leo) passa por grandes dificuldades financeiras com seus dois filhos após ser abandonada pelo marido. Um dia, quando encontra o carro dele, acaba conhecendo Lila (Misty Upham), que faz contrabando de imigrantes em uma fronteira sem vigilância entre os EUA e o Canadá. A fronteira fica em um rio que está congelado e é através desse caminho que Ray vai encontrar uma opção para salvar a sua família das dificuldades que estão passando.

É com muita satisfação que assisto o grande avanço do cinema independente. Nos últimos anos, a crítica passou a reconhecer mais os filmes desse circuito. Um exemplo disso é o Oscar, que ano passado indicou A Família Savage em duas importantes categorias (atriz e roteiro original). Esse ano, é a vez de Rio Congelado conseguir duas nomeações nas mesmas categorias do filme de Tamara Jenkins. Gosto bastante de filmes assim, simples e de caráter independente; e esse longa de Courtney Hunt não fugiu do esquema. Principalmente porque existem dois fatores que funcionam de maneira sublime para que o resultado dê certo. O primeiro é o roteiro da própria diretora e o segundo é a interpretação da protagonista Melissa Leo.

Rio Congelado não tem nada de muito espetacular em seu lado técnico e é por aí que começa a vitória do filme. Quando se tem um lado simples, fica mais fácil acreditar no que estamos vendo, a história fica mais verossímil, mais próxima da nossa realidade. A identificação com o cenário se torna muito possível. Essa situação também se aplica ao elenco, todos ótimos em suas aparições. Melissa Leo, sem dúvida, é a grande estrela. Ótima em cada momento e apresentando uma tranquila naturalidade ao montar sua personagem. O filho dela no filme, interpretado por Charlie McDermott, também é outra boa surpresa. Sem falar das boas doses de melancolia que podemos observar em diversas cenas dos atores.

Ainda arrisco a dizer que não é a atuação de Melissa Leo o auge Rio Congelado. O que mais apreciei aqui foi o roteiro, estruturado de maneira objetiva e com passagens super interessantes. Courtney Hunt não transforma a história em um relato melodramático sobre uma família que passa por dificuldades e muito menos em um retrato sobre a decadência de uma mulher ao entrar no mercado de contrabando. Tudo é feito na medida exata, com espaço para que atuações chamem a atenção, para que o espectador fique surpreendido com o que está acontecendo e, principalmente, para que qualquer um compartilhe do desespero emocional dos personagens que estão na tela. Rio Congelado é um acerto quase que absoluto, com poucas coisas erradas – destaco o final estranho e que poderia ser diferente – e que é um dos melhores filmes indepedentes dos últimos anos.

FILME: 8.5

4

11 comentários em “Rio Congelado

  1. para não esquecer veja coração louco com jeff brighes sua melhor atuação .

  2. natalie portman também dá um show de interpretação em cisne negro o melhor filme do ano com suspence drama e muita emoção mereceu muito bem o oscar de melhor atriz de 2011.

  3. melissa leo é sem duvida uma das melhores atrizes do momento fato disso é o oscar de atriz coadjvante em o vencedor.

  4. Pingback: Retrospectiva 2009: Parte 3 « Sociedade Brasileira de Blogueiros Cinéfilos

  5. Pedro, acho que a Courtney acertou muito no roteiro, mas devia ter deixado a direção para outra pessoa. Mesmo que ela realize um bom trabalho, acho que um diretor mais experiente poderia dar um tom mais ousado para o filme.

    Kamila, eu achei o filme inteiro muito bom!

    Vinícius, acho que a Isabela Boscov definiu bem “Rio Congelado” ao dizer que é um filme triste mas que não quer que o espectador tenha compaixão demais com a história.

    Marcel, mandei as minhas apostas antes mesmo de você me mandar esse comentário! \o/

    Vinicius, espero ler sua crítica em breve!

    Pedro, não sei se eu indicaria a Upham…

  6. Opa rapidinho, estou passando só para lembrar que o prazo de envio das apostas para a segunda fase do 1º Bolão do Talking About Movies está chegando ao fim. As apostas para serão fechadas as 24h do dia 21 (proximo sábado). Não deixe de participar.
    Contamos com suas apostas!
    Abraço.

  7. Não sei, esperava bem mais desse “Rio Congelado”. Apesar da história ser muito interessante e da Melissa Leo estar num ótimo momento, acho que o filme pouco emociona – exceto talvez em seus minutos finais.

  8. O que mais me interessa em assistir, neste filme, é justamente o roteiro. Desde que li matérias sobre “Rio Congelado” que a história dele me chama muito a atenção, por ser diferentes, apesar de explorar um clichê do cinema (personagens que estão sem conseguir enxergar aquela luz no fim do túnel para seus problemas e apelam para aquela saída que eles consideram mais fácil, porém se revela a mais complicada).

    A atuação da Melissa Leo é somente um bônus para isto tudo!!! :-)

  9. Realmente, um grande filme. Postei uma resenha sobre ele hoje também. Só achei que Courtney deveria ter ousado mais na direção, no mais, um ótimo filme. abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: