Desejo e Reparação

Direção: Joe Wright

Elenco: James McAvoy, Keira Knightley, Saoirse Ronan, Romola Garai, Vanessa Redgrave, Brenda Blethyn

Atonement, EUA, 2007, Drama, 135 minutos, 14 anos.

Sinopse: Em 1935, no dia mais quente do ano na Inglaterra, Briony Tallis (Saoirse Ronan) e sua família se reúnem num fim de semana na mansão familiar. O momento político é de tensão, por conta da segunda Guerra Mundial. Em meio ao calor opressivo, emergem antigos ressentimentos familiares. Briony, então, usa sua imaginação de escritora principante para acusar Robbie Turner, o filho do caseiro e amante de sua irmã mais velha, Cecilia (Keira Knightley), de um crime que não cometeu. A acusação destruiu o amor da irmã e alterou de forma dramática várias vidas.

Surpreendente. Foi essa a palavra que veio a minha cabeça logo que os créditos finais de Desejo e Reparação surgiram na tela. Não por causa do lindo final, mas porque fazia um bom tempo que eu não assistia um filme tão harmônico: contundente em sua parte técnica, preciso nas interpretações e brilhante em seu roteiro. É incrível como esse segundo filme do diretor Joe Wright tem muita cara de Oscar. Foi feito para vencer o prêmio da Academia, mas conseguiu esse feito de forma honesta, sem qualquer pretensão para premiações. O grande feito de Desejo e Reparação é conseguir trazer verossimilhança em todos os seus poros. Especialmente em seu elenco, que merece ser citado separadamente.

James McAvoy, o verdadeiro protagonista da história, já havia mostrado ser um ator muito competente com sua subestimada interpretação no ótimo O Último Rei da Escócia e aqui prova ser um ator de futuro em Hollywood. Keira Knightley (que sempre achei péssima e que nem sequer merecia ter concorrido ao Oscar em 2006 consegue aqui a melhor atuação de sua carreira, ainda que ofuscada pela personagem Briony. A Cecilia de Keira não é tão explorada como os demais personagens, mas ela faz um trabalho muito competente com o espaço que lhe é dado. Por mais que o casal seja ótimo, quem rouba completamente a cena é  personagem Briony, interpretada em três fases por Saoirse Ronan (impressionante), Romula Garai (escolha mais do que acertada) e Vanessa Redgrave (simplesmente impecável e emocionante).

A parte técnica, sem dúvida, também é impressionante. É incrível como a direção de arte de Desejo e Reparação conseguiu traduzir toda uma época da forma mais perfeita possível. Outro aspecto que também acaba impressionando é a trilha sonora do Dario Marianelli: inovadora, poderosa e utilizada na medida exata e uma das melhores dos últimos anos. A fotografia e os figurinos são igualmente bons. Também gostei bastante de ver o diretor Joe Wright muito amadurecido na direção, conduzindo tudo com muita habilidade.

O roteiro raramente erra, ficando apenas um pouco monótono quando se foca na guerra. Gostei particularmente dos momentos finais, onde  Vanessa Redgrave interpretou um dos momentos mais emocionantes dos últimos tempos, conseguindo emocionar e passar vários sentimentos para o espectador. Eu não esperava muita coisa de Desejo e Reparação, mas adorei ficar completamente surpreendido por esse lindo filme. Uma saga de amor, que durante vários momentos lembra diversos filmes, mas que tem uma identidade singular e que desde já acaba de se torna um longa imperdível.

FILME: 9.0

45

9 comentários em “Desejo e Reparação

  1. Tendo lido o livro de Ian McEwan, posso dizer que Joe Wright e Christopher Hampton foram completamente fiéis ao estilo complexo da narrativa do livro. A questão da não-linearidade da montagem, a questão das múltiplas perspectivas. Tudo está ali.

    Acho que, para apreciar esse filme, temos que entender que esta é a jornada de Briony. O que me impressionou mais no filme, fora seu aspecto técnico, foram as atrizes que interpretaram Briony, que estão todas uma extensão da outra.

    Destaco também o Robbie de James McAvoy, uma criação completamente diferente do personagem que vemos no livro.

    ODIEI a atuação da Keira Knightley e espero mesmo que ela não seja indicada ao Oscar porque não merece.

  2. Matheus, animador é os seus comentários positivos enquanto ao filme “Desejo e Reparação”. O filme não será exibido em Santo André, o que me fez optar por uma cópia. Acho que vai ser difícil eu ficar desapontado com o resultado, já que todo mundo fala maravilhas do filme. Se bem que não gostou do trabalho inicial de Joe Wright, “Orgulho e Preconceito”.

  3. Ah… tpá me cheirando… infelizmente, a Oscar. Será quye a academia vai “negar” o prêmio aos irmãos Coen??

  4. Comecei a adorar a Keira pelo Piratas… acho ela formidável… agora com a forma como vc foi descrevendo o filme. poxa, fiquei ansioso de ver esse… pelo jeito vai arrebentar no Oscar…
    abraços

  5. Estou triste. Não entendo como esse filme maravilhoso vai ficar fora do Oscar. Digo isso porque acho um tanto difícil que seja indicado após ser esquecido em todos os sindicatos principais. Quanto ao filme, como já disse achei maravilhoso, não chega a ser uma obra-prima, mas fica perto. O grande destaque aqui é a direção do Joe Wright. Há muito tempo que não via um trabalho tão bem cuidado, especialmente em relação à técnica. Do elenco, destaco o McAvoy, a Knightley e a Romola Garai. Minha nota é a mesma (9,0), mas a cotação é 5 estrelas.

    Abraço!

  6. É o meu grande favorito ao Globo e ao Oscar. Apesar de não tê-lo considerado de tão grandiosidade, é sem dúvida alguma um ótimo filme e um dos melhores do ano , senão o melhor.

  7. Já é meu favorito ao Oscar.
    Tem um roteiro brilhante, principalmente quando chega o final e percebemos que tudo o que foi mostrado antes fazia sentido e nada poderia ser descartado.
    A Saoirse Ronan está absurda, minha coadjuvante preferida, ela dá um tom sério e crítico à sua Briony, que é incrível. Mas Romola Garay e Vanessa Redgrave estão ótimas também, principalmente essa última.
    Direção de Joe Wright também é minha favorita do ano, aquele plano-sequência na praia (que você esqueceu de comentar :)) é a melhor cena que vi em 2007, e provavelmente 2008 (pois revi o filme esse ano).
    Enfim, filme maravilhoso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: