Últimas Trilhas Sonoras

Slumdog Millionaire, por A. R. Rahman

É estranho como a trilha sonora de Quem Quer Ser Um Milionário? soa mais como uma coletânea do que como uma composição original. Talvez por ter um grande número de canções cantadas e não apenas instrumentais. Confesso que tenho um pouco de relutância com trilhas desse tipo, mas não conseguir se cativar com o trabalho de A.R. Rahman é impossível. Todo o trabalho tem um clima animador, até mesmo aquelas canções que são puramente de instrumentos. Ainda que pareça mais um produto musical do que cinematográfico, a trilha de Quem Quer Ser Um Milionário? é uma das mais originais que surgiram nos últimos tempos. Agora, se merece Oscar é uma história completamente diferente… Destaque, claro, para Jai Ho.

The Reader, por Nico Mulhy

Essa é a trilha mais injustiçada da temporada 2009 de prêmios. Nico Muhly realizou um grande trabalho no álbum de The Reader. O resultado funciona muito bem dentro do filme do Stephen Daldry e também fora dele. Assemelhando-se um pouco com o trabalho de Philip Glass, a trilha do longa é díficil de definir – não é triste nem contundente. Tem uma característica própria, talvez sutileza. Nenhuma faixa cai no exagero e todas são bem interessantes do ponto de vista auditivo. Merecia mais reconhecimento por não ser um simples trabalho. É Muhly dando um tom muito competente para o longa e realizando um trabalho bem satisfatório para os ouvidos dos espectadores.

https://i2.wp.com/www.soundtrack.net/img/album/5446.jpg

The Curious Case Of Benjamin Button, por Alexandre Desplat

Eu já estava começando a desconfiar que Alexandre Desplat era uma enganação. Depois de ter aparecido no Oscar, nunca mais realizou um trabalho sequer interessante. Contudo, voltou a me conquistar com essa bela trilha de O Curioso Caso de Benjamin Button – que, possivelmente, é a minha favorita na corrida para o Oscar. O mais interessante dess álbum é que, além de apresentar as maravilhosas técnicas do compositor, cria faixas muito memoráveis. A melancolia é algo constantemente presente, especialmente em passagens como Benjamin And Daisy e Some Things Last. Desplat entendeu a sutileza dramática da jornada do curioso Benjamin Button e realizou um produto à altura da qualidade técnica do filme de Fincher.

Doubt, por Howard Shore

Não sou grande fã do compositor Howard Shore, mas acho seu trabalho como compositor satisfatório. É o caso dessa trilha de Dúvida, que pode até não ser grandiosa e original, mas ao menos não peca em cometer exageros. O problema é que nada é exatamente marcante, nem a música-tema. Tudo correto e satisfatório – não impressiona nem incomoda. As faixas são relativamente curtas e não ficam mais compridas do que deveriam. Sem dúvida é um trabalho satisfatório de Shore, mas que poderia ter recebido uma cotação bem maior se o compositor não tivesse medo de ousar.

Burn After Reading, por Carter Burwell

Carter Burwell é um compositor muito interessante. Desde que fez uma bela trrilha para A Pele, venho acompanhando atentamente os seus trabalhos. Em Queime Depois de Ler, ele realiza um álbum inusitado e que funciona por causa dessa característica. Algumas canções são propositalmente exageradas (condizendo com alguns tons narrativos do longa) – como Earth Zoom In e Earth Zoom Out – enquanto outras tentam achar um tom mais sério (mas ainda assim bizarro), a exemplo de Linda Looks For Love. Burwell segue o mesmo caminho dos irmãos Coen no longa – o resultado tem algumas falhas, mas é divertido.

Changeling, por Clint Eastwood

Sempre gosto das composições de Clint para seus filmes. Acho que elas se tornam memoráveis em alguns casos, por causa das lindas melodias. O problema é quando eu vou ouvir o cd separadamente. Não consigo ficar tão satisfeito e as faixas me parecem repetitivas demais, sem inspiração. O mesmo aconteceu em Menina de Ouro, que era um lindo trabalho mas que em disco era uma enrolação sem fim. A trilha de A Troca tem momentos bem interessantes, mas resulta previsível como todos os outros trabalhos do diretor nas trilhas.

8 comentários em “Últimas Trilhas Sonoras

  1. Kau, então concordamos que a trilha de “O Curioso Caso de Benjamin Button” é melhor que a de “Quem Quer Ser Um Milionário?”!

    Vinícius, o meu trabalho favorito para ganhar o Oscar é o de Alexandre Desplat, que já merecia desde “A Rainha”. E, depois dele, ainda prefiro Thomas Newman em “WALL-E”

    Sérgio, não acho o Oscar de Jai Ho tão certo assim. Acredito que Down To Earth tenha boas chances também.

    Kamila, eu também ADOREI a trilha de “O Leitor”! =D

    Wally
    , não acho que a trilha de “A Troca” tenha emoção…

    Lucas, só concordo com seu comentário sobre a trilha de “Queime Depois de Ler” haha

    Weiner
    , que pena que você não gostou tanto da trilha de “O Leitor” =/

  2. Eu pude conferir na íntegra as trilhas de “O Leitor” e “Slumdog Millionaire”.
    A primeira, não sei se por ser de um desconhecido, não me agradou muito. Considero-a razoável separadamente, mas quando inserida no filme de Daldry, me pareceu perdida – como se acompanhasse sentimentos distintos àqueles mostrados na tela. (2/5)
    A trilha de “Slumdog” é simplesmente maravilhosa, e juntamente a todo o conjunto sonoro do filme (com canções, edição e mixagem) revela-se como o aspecto mais louvável da película de Boyle. Torço por ela no Oscar, mesmo que “Wall-E” seja uma obra de arte. (5/5)
    Um abraço!

  3. Minha preferida da lista é a de Burn After Reading. O trabalho do Carter é genial.
    A de Benjamin Button é mais do mesmo.
    Gosto muito da de Slumdog Millionaire, mas acho que ela se encaixa melhor com o filme, sozinha não tem muita força.
    A de Changeling é muito bonita, Eastwood acertou de novo.
    A de The Reader e DOubt são boas, mas nada de mais.

  4. Belíssimas trilhas. Só não escutei ainda as de Dúvida e de Slumdog Millionaire.

    A melhor daí é – de longe – é a de Benjamin Button, que é simplesmente magistral. 5 estrelas pra ela.

    A de O Leitor é muito bonita também, merece uma bela nota de 4 estrelas.

    E as de Queime Depois de Ler e A Troca também gostei muito. Daria 4 a cada também, visto o dinamismo da primeira e a emoção da outra.

    Ciao!

  5. Para mim, a trilha do Alexandre Desplat, para “O Curioso Caso de Benjamin Button”, é a melhor das indicadas ao Oscar e eu espero ver o francês vencedor – apesar do favoritismo de A.R. Rahman e “Slumdog Millionaire”.

    E a trilha do Nico Muhly para “O Leitor” me surpreendeu totalmente pela qualidade. ADOREI!!!!

  6. Trabalhos excelentes…

    A trilha de Benjamin Button é uma proeza, pesia pura. E a de Slumdog é fantástica, frenética e desconcertante… todos se encaixam como luvas nas tramas de seus filmes. Ambas merecem o Oscar, não tenho uma torcida especifíca, mas já que o A.R Rahman deve ganhar em melhor canção pela ótima Jai-Ho (mas quem merecia era BRUCE SPRINGSTEEN lógico), então vou de Alexandre Desplat.

    Estou tentando retornar à ativa… abraços!

  7. Separadamente, só escutei as trilhas de “Slumdog Millionaire” e “Benjamin Button”, portanto só posso comentar mais sobre elas. Acho que as duas estão num nível parecido, não me importaria se “Button” vencesse o Oscar, mas a de “Slumdog” é melhor na minha opinião- e não é só “Jai Ho” que é ótima, hehehehe. “Riots” é minha favorita, sem falar que aquela composição da parte em que Jamal corre atrás da Latika é maravilhosa, me deixou todo empolgado.

    Também acho que a trilha de “The Reader” foi injustiçada. Era uma indicação que o filme realmente merecia e não teve. Gosto do Carter Burwell e em “Burn After Reading” ele acerta novamente. Esperava mais das trilhas de “Doubt” e “Changeling”, especialmente desse último – achei um tanto brega. Minha ordem de preferência ficaria assim:

    Slumdog Millionaire: 5/5
    The Reader: 5/5
    O Curioso Caso de Benjamin Button: 5/5
    Burn After Reading: 4/5
    Doubt: 3/5
    Changeling: 2/5

  8. Adoro listinhas:

    Slumdog – *** 1/2
    The Reader – ****
    Benjamin Button – *****
    Doubt – ****
    Changeling – ****1/2

    Não escutei a de Carter para Burn.

    Abs!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: