uma estréia nada revolucionária

Hoje entrou em cartaz o longa Foi Apenas Um Sonho, de Sam Mendes. O filme já foi avaliado pelo Cinema e Argumento, que não achou o resultado empolgante. Enfim, só uma citação para relembrar que o filme já passou aqui no blog. Para ler a opinião, clique aqui.

ps: essa foto aí não lembra As Horas?

6 comentários em “uma estréia nada revolucionária

  1. Tratando-se de Sam Mendes, era de se esperar que “Apenas Um Sonho” fosse um pouco mais revolucionário….
    Mas, deve saber que curti o filme, à minha maneira.

  2. A foto lembra, sim, o momento em que Laura Brown está com o bolo de aniversário do seu marido e tem, ao lado, o filho Richie! E a storyline de Laura lembra o que se passa em “Revolutionary Road”: o relato de pessoas insatisfeitas com seu mundinho perfeito e que querem algo mais. Pena que a obra de Sam Mendes não estreou em minha cidade.

    Bom final de semana!

  3. Verdade, lembra bastante “As Horas”.
    Mas eu gostei do longa do Sam Mendes, de fato não é revolucionário mesmo, mas achei válida a tentativa de arrancar sensações de insatisfação e tristeza com um pano de fundo aparentemente bonito.

  4. A foto lembra mesmo “As Horas”, pena que o filme como um todo esteja longe do brilhantismo do trabalho de Stephen Daldry. Nada revolucionário mesmo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: